Gestão De Processos - Uma Abordagem Em Equipes De Alta Performance Administrativa

  • atilano lima machado Famaqui
  • Luis Chamorro, 386682
Palavras-chave: Balance Score card, governança corporativa, avaliação de desempenho, indicadores.

Resumo

O atual cenário econômico coloca os gestores diante da necessidade de melhorarem seus processos com o objetivo de manterem seus negócios competitivos frente ao mercado. Este artigo tem como objetivo de propor um método de avaliação de desempenho a partir dos indicadores estabelecidos na ferramenta do BSC (Balance ScoreCard) de forma a alinhar a Governança Corporativa da organização e o desenvolvimento de seus colaboradores a uma estratégia objetiva e sistemática. A empresa que foi modelo para o artigo atua no ramo de manutenção Industrial, no qual foi proposta a presente metodologia. Seguindo a teoria de Kaplan e Norton, foi elaborada uma tabela de Indicadores de performance, para que possa alinhar a estratégia da organização a seus colaboradores da área administrativa. Ao final verificamos que é possível e propomos um método a ser avaliado de forma prática em uma segunda etapa da análise.

Referências

KAPLAN, Robert S.; NORTON, David P. A Estratégia em Ação: balance scorecard: 1. ed. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1997. UBEDA, Cristina Lourenço; SANTOS, Fernando César Almada. Gestão de desempenho por competências como elemento viabilizador das estratégias de recursos humanos e de produção. 2002. https://www.researchgate.net/publication/237753639_GESTAO_DE_DESEMPENHO_POR_COMPETENCIAS_COMO_ELEMENTO_VIABILIZADOR_DAS_ESTRATEGIAS_DE_RECURSOS_HUMANOS_E_DE_PRODUCAO. acesso em 08/08/2018. BEFECTIVE: Como criar equipes de alta performance. http://fejemg.org.br/conhecimento/wp-content/uploads/2017/10/Como-criar-equipes-de-alta-performance-befective.pdf. Acesso em 20/03/2019. BRANDÃO, Hugo Pena et elli. Gestão de desempenho por competências: integrando a gestão por competências, o balanced scorecard e a avaliação 360 graus. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-76122008000500004&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em 08/08/2018. ARAÚJO, Karine Luiza Rezende Silva;GOMES, Marco Antônio Vieira. A Gestão por Competências (Conhecimentos, Habilidades e Resultados) no Ambiente de Trabalho. http://www.fumec.br/anexos/servicos/professor/cipa/Karine-Araujo-e-Marco-Gomes.pdf. Acesso em 18/11/2018. MÂSIH, Rogério Teixeira. Um método para a modelagem das competências individuais vinculadas à estratégia empresarial por meio do balance scorecard. 2005. 172 f. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis. 2005. SOARES, André Vieira; ANDRADE, George Albin Rodrigues. Gestão por Competências – Uma Questão de Sobrevivência em um Ambiente Empresarial Incerto. http://www.inf.aedb.br/seget/artigos05/251_Gestao%20por%20Competencias.pdf. Acesso em 18/11/2018. DA SILVA, José Alberto Teixeira; SANTOS, Neusa Maria Bastos F.; DOS SANTOS, Roberto Fernandes. A Prática dos Serviços Compartilhados no Processo de Criação de Valor e a Aplicação do Balanced Scorecard como Instrumento de Gerenciamento da Performance em Estruturas de Suporte Administrativo. https://anaiscbc.emnuvens.com.br/anais/article/download/2174/2174. Acesso em 08/08/2018.

DE MATOS, P. P. A importância da seleção por competências. 2010. Disponível em: http://www.rhportal.com.br/artigos/wmview.php?idc_cad=mmi45hw55. Acesso em: 19 set. 2019

Publicado
2019-11-23