CONCILIAÇÃO, MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM COMO SOLUÇÕES ALTERNATIVAS PARA DIRIMIR CONFLITOS SOCIAIS

  • Vanda Regina Machado Famaqui
  • Eliziane Ferranti
  • Eloisa Freitas Muller
Palavras-chave: Conciliação – Mediação - Arbitragem

Resumo

RESUMO

 

Introdução: relações sociais podem ser consideradas como interações entre dois ou mais indivíduos considerando o contexto social. Segundo estudos da sociologia os seres humanos são seres sociais e a partir desta constatação, a socialização é primordial para o desenvolvimento da sociedade. O presente estudo discorre sobre a importância da mediação e intermediação de conflitos. Vivemos numa sociedade plural, com indivíduos diferentes entre si, mas que necessitam compartilhar seu espaço e conviver na sociedade. Objetivos: o trabalho teve como objetivo geral e norteador, analisar a importância da conciliação, mediação e arbitragem como ferramentas para auxílio na solução de conflitos das relações sociais e, para auxiliar o objetivo geral elencou-se objetivos específicos: levantar informações sobre o conhecimento das pessoas sobre o tema; aplicar uma pesquisa com questões quantitativas; propor ampliação do debate sobre o mote da pesquisa. Método: foi realizada uma revisão bibliográfica, através da qual foi possível verificar a importância, na visão de autores que escrevem sobre o assunto. Quanto à abordagem utilizou-se o método quantitativo, através da aplicação de um questionário para um público que trabalha na área da saúde. Foram enviados 35 (trinta e cinco) questionários com perguntas quantitativas. Resultados: do total de questionários enviados, foram recebidos 20 (vinte) retornos, considerados válidos, 57,14% do total do público desejado. Foi observado que a maioria dos respondentes tem nível superior e já se beneficiarem de alguma forma da mediação judicial. Conclusão: A escolha do tema permite refletir sobre questões que a sociedade vem enfrentando cada vez mais considerando relações conflituosas e a necessidade da mediação formal por parte da justiça. Também foi possível auferir que as pessoas estão se apropriando e se beneficiando cada vez mais da mediação de conflitos, pois com a dinâmica cada vez mais complexa de uma sociedade plural, faz-se cada vez mais necessário, profissionais que agilizem o processo da mediação e intermediação de conflitos através da Lei dos juizados especiais, sem que os mesmos se encaminhem para o embate final de uma decisão judicial.

 

Palavras Chave: Conciliação – Mediação - Arbitragem.

 

Referências

BLOG AMBITO JURÍDICO. Mediação de Conflitos, um novo paradigma na administração da justiça. Disponível em: https://ambitojuridico.com.br/cadernos/direito-processual-civil/mediacao-de-conflitos-um-novo-paradigma-na-administracao-da-justica/: Acesso em: 29 de janeiro de 2020.

DIANA, Daniela. Relações Sociais. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/relacoes-sociais/ Acesso em: 29 de janeiro de 2020.

FUHRMEISTER, Eduardo. Sociedade Pluralista. Disponível em: https://administradores.com.br/artigos/sociedade-pluralista/ Acesso em: 29 de janeiro de 2020.

MOSCOVICI, Fela, A organização por trás do espelho: Reflexos e reflexões: Reflexos e re-flexões. Rio de Janeiro. José Olympio, 1997.

ROESCH, Silvia Maria Azevedo. Projetos de estágio e de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2019.

VIANA, Salomão. Mediação, conciliação e arbitragem. Qual a diferença entre elas? Dispo-nível em: https://dp-mt.jusbrasil.com.br/noticias/3116206/saiba-a-diferenca-entre-mediacao-conciliacao-e-arbitragem)/ Acesso em: 29 de janeiro de 2020.

ZAFFANI, Eduardo Kucker e SCHOLZE, Martha Luciana. Solução de Conflitos Jurídicos. Porto Alegre: Sagah Educação, 2018.
Publicado
2021-03-14